HOME                SERVIÇOS                ARTIGOS           QUEM SOMOS              CONTATOS

Ansiedade

                                Ansiedade, como tratar?

        A ansiedade é um problema de saúde que pode ser extremamente debilitante e incapacitante. Os casos mais graves, e felizmente menos comuns, são denominados síndrome do pânico.

        O tratamento da ansiedade deve ser feito com base em um tripé, que seriam o acompanhamento médico e medicação, o aconselhamento psicológico e técnicas de relaxamento e medidas gerais, adotadas pelo próprio paciente.

Tratamento médico

        O diagnóstico das desordens de ansiedade devem ser feitos por um médico, principalmente um neurologista ou psiquiatra. Na maioria dos casos medicações devem ser utilizadas, como meio de controlar os sintomas, e devolver a qualidade de vida ao paciente. Os medicamentos utilizados podem ser vários, dependendo do perfil do paciente, sendo os principais os benzodiazepínicos (Alprazolam, Clonazepam, Diazepan…), os antidepressivos (Sertralina, Paroxetina, Amitriptilina, Trazodona…), e em casos leves, até mesmo medicações naturais como o extrato de Valeriana Officialis.

        Em hipótese alguma o paciente deve utilizar medicamentos por conta própria, ou sem o acompanhamento por parte de um médico.

Tratamento psicológico

        A psicoterapia deve ser conduzida por profissional qualificado, e pode ser basicamente a psicoterapia, o terapia cognitiva comportamental, ou uma combinação de técnicas.

        A terapia cognitiva comportamental foca em reconhecer os padrões de pensamento do paciente associados com a ansiedade. A terapia é direcionada a limitar os pensamentos distorcidos e os padrões de comportamento a situações que desencadeiam os ataques de ansiedade.

        A psicoterapia visa explorar as causas e situações que levam a ansiedade, e possíveis estratégias para evitar/mitigar os sintomas.

Medidas gerais

        O paciente deve estar bem informado, e ser parte ativa no tratamento, dividindo a responsabilidade pelo mesmo com os profissionais de saúde.

        Nesse aspecto se torna essencial aprender a administrar o estresse, aprender técnicas de relaxamento, evitar pensamentos negativos, ter a compreensão e apoio dos familiares e amigos, aprender técnicas de meditação, exercícios físicos regulares e seguir de forma adequada as recomendações dos profissionais envolvidos em seu tratamento.

 

Outros Artigos interessantes para você

Insônia

Insônia, quais as causas? Condições como o envelhecimento, dores crônicas, depressão, trabalhos em turno (que não tem horários regulares de sono) e doenças hormonais. A população feminina, em especial a de mais idade é mais suscetível a desenvolver insônia e depressão.(...)
Dr. Guilherme Suárez teles
Médico Neurologista

Tremor

Tremor... O tremor pode ser sintoma de diversas condições de saúde, desde doenças neurodegenerativas a simples expressão de ansiedade por eventos comuns do dia a dia.(...)
Dr. Guilherme Suárez teles
Médico Neurologista

Sonambulismo

Sonambulismo, o que fazer? O que é? É um transtorno do sono (parassonia) caracterizado pela realização de movimentos, e até mesmo de tarefas complexas enquanto em sono profundo. O paciente pode desde apenas sentar-se na cama, ou pode chegar a andar pela casa, e até mesmo em raríssimos casos a desempenhar tarefas complexas, como sair de casa.(...)
Dr. Guilherme Suárez teles
Médico Neurologista
Rolar para o topo